blog colégio2
Blog CUB Centro Universitário de Brusque
06 de janeiro de 2020

PADRE RAULINO REITZ – Centenário de nascimento do patrono da ecologia catarinense.

Euclides Kerntopf,

Padre Raulino Reitz foi historiador, biólogo e um dos responsáveis pela criação da maior unidade de conservação de Santa Catarina de proteção integral – Parque Estadual da Serra do Tabuleiro.

O padre e pesquisador dedicou grande parte de sua vida ao levantamento da flora catarinense. Descobriu para a ciência universal cinco gêneros e 327 espécies novas. Coletou 30.073 plantas e emprestou seu nome a três gêneros novos e 59 espécies de plantas.

Em 22 de junho de 1942 fundou o Herbário Barbosa Rodrigues que hoje conta com uma coleção de aproximadamente 70.000 exsicatas. Seus trabalhos de pesquisa atingiram as áreas de Botânica, Zoologia, Genealogia e História. Sobre estes assuntos publicou 45 livros e 114 artigos científicos. Foi editor da Revista Sellowia, iniciada em 1949, periódico de botânica sul-brasileiro. Idealizou e editorou a Flora Ilustrada Catarinense com 150 famílias impressas, em 172 fascículos, num total 12.500 páginas.

Idealizou, sugeriu e promoveu a regulamentação para que a orquídea (Laelia purpurata) e a imbuia (Ocotea Porosa) fossem, respectivamente, a flor e a árvore símbolos do Estado de Santa Catarina.

Criou e implantou em 1961, o Parque Botânico do Morro Baú, em Ilhota/SC. Nesse mesmo sentido, por meio de exposição e anteprojetos, participou diretamente da criação das unidades de conservação catarinenses: Parque Estadual da Serra do Tabuleiro (1975); Parque Estadual da Serra Furada (1980); das Reservas Biológicas do Sassafrás (1977); do Aguaí e da Canela Preta (1980); das Estações Ecológicas dos Carijós, na Ilha de Santa Catarina; dos Timbés, nos municípios de Timbé do Sul e Meleiro; da Babitonga, nos municípios de Garuva, Joinville, Araquari e São Francisco do Sul.

Desempenhou os cargos de diretor do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (1971-1975), e diretor da Fundação do Meio Ambiente – FATMA, de 1976 a 1983.

Entre vários prêmios recebidos pelos relevantes trabalhos realizados em favor do meio ambiente, foi também agraciado com o Prêmio Global 500, concedido pelo PNUMA (Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente), na Cidade do México, em 05 de junho de 1990, dia Mundial do Meio Ambiente.

Pela sua passagem pela antiga Fatma e pela sua fundamental atuação como botânico, o IMA entrega todos os anos o Prêmio Raulino Reitz que reconhece personalidades que, assim como o padre e botânico, também são importantes para a evolução da preservação do meio ambiente em Santa Catarina.

Créditos:
Texto: Professor Grega
Foto Principal: Euclides Kerntopf
Foto 1: ima.sc.gov.br
Foto 2: História de Brusque
Foto 3: Site Diocese de Criciúma
Foto 4: Site Memória de Brusque e Região

Fale Conosco / Assessoria de Comunicação Social e Marketing:

comunicacao.gestao@unifebe.edu.br / 47 3211-7223

Postagens relacionadas

DESENVOLVIMENTO (IN)SUSTENTÁVEL
Biologia

DESENVOLVIMENTO (IN)SUSTENTÁVEL


10 de fevereiro de 2020
Calculadora em sala de aula, amiga ou vilã?
Matemática

Calculadora em sala de aula, amiga ou vilã?


30 de dezembro de 2019
GEOGRAFIA EM MOVIMENTO
Geografia

GEOGRAFIA EM MOVIMENTO


03 de fevereiro de 2020
  • Visualizar por ano
  • Visualizar por categoria